Mídia

Mídia
Articles

Next secion

Bolsa é o novo título atrelado à inflação para ganhar no longo prazo, dizem gestores

07/11/2019 às 14h28

 

Bolsa é o novo título atrelado à inflação para ganhar no longo prazo, dizem gestores

 

Por Júlia Lewgoy | Para o Valor Investe

 

Até pouco tempo atrás, o investimento preferido do mercado para ganhar dinheiro no longo prazo eram os títulos do Tesouro Direto atrelados à inflação, as antigas NTN-Bs. Com juros altos, era um jeito fácil dos investidores baterem suas metas, já que esses papéis rendem a inflação mais uma taxa de juros prefixada.

 

Agora, em tempos de juros baixos, a bolsa é o novo título atrelado à inflação, segundo alguns dos maiores gestores do país.

 

“Não consigo lembrar de um momento melhor para estar na bolsa do que o que estamos vivendo hoje”, afirmou Alexandre Silvério, CIO e responsável pela estratégia de renda variável da gestora AZ Quest.

 

Nesta quinta-feira (7), ele e outros gestores recomendaram que investidores institucionais e investidores pessoas físicas aumentem seus investimentos em renda variável com foco no longo prazo, durante um evento da gestora Tag Investimentos, em São Paulo.

 

Segundo Silvério, o momento atual reúne uma combinação inédita de queda de juros, no cenário macroeconômico, e perspectiva de crescimento das empresas, no cenário microeconômico.

 

“As empresas fizeram seu dever de casa durante a crise, melhoraram suas margens e agora têm a oportunidade de ter dívidas a juros mais baratos”, disse. “E essa combinação dos dois cenários ainda não está precificada.”

 

Isso significa que, na visão do gestor, as ações ainda estão baratas e vão se valorizar ainda mais.

 

O sócio-diretor da Equitas Capital, Luis Felipe Teixeira, compartilha da mesma opinião e reforça que a crise econômica trouxe efeitos positivos para as empresas da bolsa, que ainda vão trazer resultados melhores para os investidores.

 

“As empresas se tornaram muito enxutas, cortaram custos e automatizaram processos. Vemos uma recuperação do crescimento econômico, mas também das empresas, que estão com fundamentos muito bons”, disse.

 

A queda de juros no mundo quanto a sinalização do governo de que o ajuste fiscal continuará, inclusive após a aprovação da reforma da Previdência, reforçam a visão de que os juros baixos vieram para ficar e que a bolsa será a alternativa.

 

“O cenário de queda de juros agora é muito diferente do que no passado e não vai se reverter tão rápido”, disse Luiz Liuzzi, sócio-fundador e gestor da Kiron.

 

Os gestores também minimizaram o impacto dos riscos de desaceleração econômica global, que preocupa investidores no mundo todo, na bolsa brasileira.

 

“As exportações e importações representam menos de 20% do PIB brasileiro e a bolsa brasileira não é dependente do PIB. As nuvens negras estão lá, mas não vão se transformar em tempestade”, disse Silvério.

 

A presença de investidores estrangeiros na bolsa brasileira ainda deve permanecer pequena, na visão dos gestores, e os investidores locais serão suficientes para fazer a bolsa subir além dos 109 mil pontos onde chegou.

 

“A visão do estrangeiro em relação ao Brasil ainda é distante e preconceituosa e isso não vai mudar no curto prazo”, afirmou Silvério.

TAG Investimentos
TAG Investimentos
TAG Investimentos
TAG Investimentos
SÃO PAULOAv. Brig. Faria Lima 3311 - 12º andarItaim Bibi - São Paulo - SPCEP: 04538-133Telefone: (11) 3474-0000
BELO HORIZONTEAv. Afonso Pena, 4.273 - Room 305Serra Belo Horizonte - MGPostal Code: 30130-008Telephone: (+55 31) 2511-4936
FLORIANÓPOLIS João Paulo Highway, 920,
João Paulo Neighborhood,
Florianópolis, SC
Postal Code: 88030-300Telephone: (+55 48) 99933-2500
PORTO ALEGREAv. Carlos Gomes, 300 - 7• floor
Bairro Três figueiras,
Porto Alegre, RS
Postal Code: 90480-000
Copyright © 2016, TAG. All rights reserved.

The information contained herein is only informative. Past profitability does not represent assurance of future profitability. Investors are urged to read the fund prospectus and regulations carefully before investing. Investment funds are not guaranteed by the fund administrator, the fund manager or by the Credit Guarantee Fund (FGC). To assess the performance of an investment fund it is recommended that a period of at least 12 months be analyzed. The profitability disclosed is not net of taxes; for more information about products and risk of funds, please contact our Customer Service Center.